Segunda, 22 de Julho de 2024
18°C 37°C
Augustinópolis, TO
Publicidade

Adapec apresenta resultado do monitoramento do complexo do enfezamento do milho às instituições parceiras

Encontro visa planejar ações conjuntas e mais efetivas na prevenção e controle da praga na cultura

02/07/2024 às 13h06
Por: Gazeta do Bico Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Adapec realizou o monitoramento do enfezamento do milho em 583 propriedades e um total de 192 mil hectares - Foto: Keven Lopes/Governo do Tocantins
Adapec realizou o monitoramento do enfezamento do milho em 583 propriedades e um total de 192 mil hectares - Foto: Keven Lopes/Governo do Tocantins

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) apresentou as instituições do Comitê de Sanidade das doenças do Milho, a qual faz parte, o resultado do monitoramento do complexo do enfezamento do milho realizado entre os meses de fevereiro e maio, deste ano, em 583 propriedades no Estado, num total de 192 mil hectares. A análise visa planejar ações para prevenir a cigarrinha, uma das principais pragas da cultura, sendo responsável pelo enfezamento.

O presidente da Adapec, Paulo Lima, afirmou que a reunião é uma forma de adiantar debates para gerar resultados positivos. “Acreditamos que com o apoio e conhecimento dos órgãos parceiros atingimos a proposta que é evitar e minimizar prejuízos socioeconômicos. Já estamos traçando em conjunto uma radiografia mais detalhada para propormos ações mais efetivas”, enfatizou.

O estudo mostra a presença da cigarrinha em 34% das propriedades monitoradas e a manifestação aparente de enfezamento do milho em 7,2%. “O milho é a segunda cultura mais produzida no Estado, sabemos que doença tem um grande potencial de causar prejuízos, por isso estamos debatendo para planejar ações em conjunto buscando prevenir e evitar a evolução da praga”, relatou o responsável técnico pelo Programa Estadual de Grandes Culturas da Adapec, Marco Aurélio Vaz.

O pesquisador da Embrapa, Daniel Fragoso, parabenizou a iniciativa da Adapec e avaliou que é necessária uma radiografia mais dinâmica ao longo do ano durante as duas safras da cultura. “Vamos colaborar para incrementar esse trabalho que visa reduzir os danos provocados pelo enfezamento do milho”, pontuou.

O Tocantins registrou 334.030 hectares de milho safrinha cultivados, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

Participantes

Entre os participantes estavam os representantes da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro); do Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins); da Federação da Agricultura e Pecuária (Faet) e a Embrapa

Cigarrinha do milho

A cigarrinha do milho [Dalbulus maidis] é o inseto vetor do complexo de enfezamento [Bactéria da classe Molicutes] que pode causar danos significativos nas lavouras de milho, reduzindo a produtividade e a qualidade dos grãos.

De acordo com informações da Embrapa, a cigarrinha D. maidis é um inseto de cor branco-palha, podendo apresentar-se levemente acinzentada, com cerca de 0,5 cm, que se alimenta da seiva da planta de milho e realiza postura sob a epiderme da folha, preferencialmente na nervura central de folhas do cartucho da plântula. A infecção com molicutes ocorre na plântula de milho em estádios iniciais de desenvolvimento. Esses microrganismos patogênicos proliferam nos tecidos do floema e a planta apresenta os sintomas do enfezamento apenas na fase de produção. Esse inseto-vetor dos molicutes sobrevive apenas no milho e, habitualmente, migra de lavouras com plantas adultas para lavouras com plântulas recém emergidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Augustinópolis, TO
25°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 37°

24° Sensação
2.43km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h13 Pôr do sol
Ter 37° 19°
Qua 37° 20°
Qui 37° 20°
Sex 37° 21°
Sáb 37° 19°
Atualizado às 21h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,57 -0,05%
Euro
R$ 6,07 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,32%
Bitcoin
R$ 397,710,25 -0,59%
Ibovespa
127,859,63 pts 0.19%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio