PT lança Paulo Mourão para disputar o governo do Tocantins em 2022

Faltando 451 dias para o primeiro turno das eleições de 2022, o Partido dos Trabalhadores lançou o nome do ex-deputado estadual Paulo Mourão (PT) como pré-candidato ao governo do Tocantins durante reunião realizada na manhã desta segunda-feira, dia 13.

O encontro realizado no Diretório Estadual do PT, em Palmas, reuniu militantes do partido e foi transmitido por videoconferência, tendo a participação virtual de vários líderes, entre eles o deputado federal Célio Moura (PT) e o secretário Nacional de Assuntos Internacionais do PT, Romênio Pereira, que é muito próximo ao ex-presidente Lula.

A reunião foi conduzida pelo deputado estadual Zé Roberto (PT). A representante da executiva nacional, Aline Soares, presente no diretório, destacou a importância de ter um palanque forte para o ex-presidente Lula e elogiou Mourão. “É importante falar com o povo olho no olho, levar esse sentimento de que é possível voltar a sonhar no Tocantins e o partido tem um nome de qualidade para disputar o governo do Estado”, sintetizou.

A suplente de vereadora Eutália Barbosa também teceu elogios ao pré-candidato Paulo Mourão. “O Tocantins merece uma candidatura dessa envergadura e dessa qualidade”, declarou Eutália, reforçando a importância da unidade dentro do partido.

Paulo Mourão falou do desejo de servir ao povo do Tocantins na promoção do desenvolvimento sustentável com inclusão social e avaliou esse momento histórico como uma missão dada por Deus.

“O chamamento que fazemos ao Partido do Trabalhadores é repensar a missão que Deus está nos dando. Digo que tem as bênçãos de Deus porque de forma urgente e participativa todos os setores do partido e suas tendências se uniram. Agradeço ao companheiro Milner Freitas e ao companheiro dr Leador e a todas as tendências pela confiança e trabalho de unidade”, frisou Paulo Mourão.

Já como pré-candidato oficial do partido, Paulo Mourão destacou a necessidade de um franco diálogo com todos os setores da sociedade, sem distinção: juventude, pais, trabalhadores, empresários, mulheres, LGBT, segmentos sociais, religiosos, evangélicos, católicos, religiões de origem afro.

Ele destacou alguns pontos do projeto que está sendo elaborado para ser apresentado ao partido em setembro. O projeto prevê a divisão do Estado do Tocantins em eixos de desenvolvimento sustentável por regiões, tendo como centralidade promover a renda e a qualidade de vida das pessoas, apoiado pela educação com formação cidadã, com saúde de qualidade.  Outro destaque do plano é a proposta de uma gestão qualificada, transparente e inovadora como marco de mudança na administração do Estado. “Implantaremos a política da participação efetiva da sociedade, através dos territórios, e todos poderão participar, não se pode excluir ninguém”, destacou. Pela proposta serão 13 territórios com suas sedes.

Com informações e imagens (https://www.atitudeto.com.br/)