Comissão Eleitoral apura e divulga resultado da eleição para do novo diretor do Câmpus da Unitins em Palmas

O candidato Ulisses Cunha recebeu a maioria dos votos, alcançando 68,36% do total de votos válidos

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) apostando no desenvolvimento do Estado e da região, mediante a participação acadêmica, vem se empenhando em fortalecer os vínculos democráticos. Em 2020, pela primeira vez em 30 anos de história, a instituição realizou uma eleição para escolha do reitor e vice-reitor. E, nesta quarta-feira, 10, realizou a primeira votação do processo eleitoral para escolher um diretor para o Câmpus Palmas. O professor Rubens Martins da Silva,do curso de Serviço Social, e o responsável técnico pelo Núcleo de Apoio Psicossocial e Educacional (Nape) do Câmpus Palmas, Ulisses Franklin Carvalho da Cunha, disputaram o cargo de direção do câmpus para um período de três anos. A apuração dos votos aconteceu nesta quinta-feira, 11.

Participaram presencialmente da apuração os membros da Comissão Eleitoral: Alessandra Ruita Santos Czapski (presidente), Eduardo José Silva Lima, Paulo Ricardo Melotto Santos, e Victor Hugo da Silva Leite. Também participaram da apuração, a diretora de Comunicação, Charlyne Sueste de Oliveira, e a equipe técnica de apoio composta por Monhyque Matos, Marcos Roberto Vasconcelos e Diego Castelo Branco. Ulisses Franklin Carvalho da Cunha participou na condição de fiscal de apuração. O candidato Rubens Martins não indicou representante para acompanhar a apuração presencialmente, mas acompanhou pessoalmente a transmissão ao vivo pelo canal da instituição no YouTube.

Entre discentes, docentes e técnicos administrativos, 911 pessoas estavam aptas a votar. Houve 692 abstenções. Os votos registrados totalizaram 219. O percentual de votos computados em relação ao total de votantes, por categoria, ficou da seguinte forma: discentes, 7,1%; docentes, 34,28%; e técnico-administrativos, 5,88%. Não houve votos nulos e apenas um voto em branco.

O candidato mais votado foi Ulisses Franklin Carvalho da Cunha, que recebeu 120 votos dos discentes, 10 votos dos docentes e 14 votos dos técnico-administrativos. Contabilizando em percentual de votos válidos, que excluem brancos e nulos, Cunha recebeu 22,1% dos votos de discentes, 15,151% dos docentes, e 31,111% dos técnicos-administrativos, totalizando 68,36% dos votos válidos.

Já o candidato Rubens Martins da Silva recebeu 61 votos dos discentes, 12 votos dos docentes e 01 voto dos técnico-administrativos. Contabilizando em percentual de votos válidos, que excluem brancos e nulos, Silva recebeu 11,234% dos votos dos discentes, 18,182% dos docentes, e 2,222% dos técnicos-administrativos, totalizando 31,64% dos votos válidos.

A presidente da Comissão Eleitoral, Alessandra Ruita Santos Czapski, disse estar “muito contente com todo o procedimento estabelecido nesse processo que vivencia a democracia na comunidade acadêmica nessa primeira eleição para direção de câmpus. Hoje tivemos o resultado da votação, a apuração. Nessa sexta-feira 12, será aberto o prazo para interposição de recursos do resultado preliminar. Segunda e terça-feira, 15 e 16, serão analisados os eventuais recursos. Quinta-feira, 18, será divulgado o resultado final e a homologação, que será encaminhada ao Consuni. Em seguida, após os trâmites no Consuni, será encaminhada ao reitor a lista com os dois candidatos com o devido resultado”.

O candidato mais votado, Ulisses Franklin Carvalho da Cunha, falou da sua alegria pelo apoio recebido de professores, estudantes e técnicos administrativos, conferindo-lhe o primeiro lugar no pleito. “Estou imensamente feliz com o resultado. Muito agradecido por cada voto de discentes, docentes e técnicos administrativos a mim confiado. Espero continuar contando com essas pessoas para que possamos fazer uma gestão democrática e participativa, e que venha a contribuir para que a nossa universidade se torne cada vez mais forte, cumprindo a sua função social de trazer melhorias e formar bons profissionais para o desenvolvimento da nossa sociedade”, ressaltou Cunha.

Perfil

Ulisses Cunha é formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e bacharel em Psicologia pelo Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra), especialista em Docência do Ensino Superior; Gestão Pública e Sociedade e em Terapia Cognitivo-Comportamental, mestre em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), com um estudo sobre mulheres nas ciências exatas e tecnologias. É servidor efetivo da Unitins, no cargo de Técnico de Nível Superior, desde 2015. Inicialmente, em 2015, exerceu suas atividades no setor de RH da Unitins, em Palmas, e no mesmo ano foi remanejado para a Biblioteca do Câmpus Palmas, para a área de processamento técnico e dos processos administrativos. Em 2018 assumiu o cargo de responsável técnico pelo Núcleo de Apoio Psicossocial e Educacional (Nape) do Câmpus Palmas, onde atua como psicólogo.