PROGRAMA CATARATA ZERO DE KÁTIA ABREU CHEGA AO BICO DO PAPAGAIO

25 cidades da região serão atendidas pelo maior programa de cirurgias de catarata do estado

A senadora Kátia Abreu e o prefeito de Tocantinópolis, Paulo Gomes, lançam nesta quinta-feira (6), às 15 horas, no auditório da Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus Babaçu, o maior programa de cirurgias de catarata do estado, o “Tocantins – Catarata Zero”, criado pela senadora Kátia Abreu.

Tocantinópolis é município regulador para 25 cidades da região, as quais deverão encaminhar os pacientes, via regulação (Sisreg), para serem operados nas clínicas credenciadas da cidade. No Bico do Papagaio, 1400 procedimentos deverão ser realizados nessa primeira etapa do programa, que segue até o final de março deste ano.

A proposta do programa da senadora Kátia Abreu é zerar as filas de espera por cirurgia de catarata em todo o Tocantins. Para tanto, a parlamentar destinou, ainda em 2019, R$ 6 milhões para as prefeituras.

As cidades de Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso, Tocantinópolis já receberam os recursos porque possuíam, ainda em 2019, Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade (Teto MAC). O município de Araguaína deverá receber os recursos ainda neste mes de fevereiro para atender os 16 municípios da região Médio Norte Araguaia. Todos os 139 municípios do estado serão atendidos pelo Programa.


Quem pode fazer a cirurgia?

Todos os pacientes, independentemente da idade, que forem diagnosticados com catarata podem e devem ser submetidos à cirurgia.

Como ser atendido(a)?

O primeiro passo é procurar o posto de saúde da cidade onde mora para consultar com o médico da unidade, o qual vai encaminhar para um especialista em oftalmologia. Comprovando a existência de catarata, o paciente já entra para a fila de regulação (via Sisreg) para fazer os exames necessários e posteriormente a cirurgia. Casos mais graves serão prioridades.